Terça-feira, 31 de Maio de 2005

Amizade

amizade7.gif

publicado por thunder_girl às 23:23
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

O valor de um abraço

fofox.gif
Aproxima-te mais..
Tenta sentir do que um abraço é capaz.
Quando bem apertado, ele ampara tristezas,
combate incertezas, sustenta lágrimas, põe a nostalgia de lado.
É até capaz de diminuir o medo.
Se for cheio de ternura, ele guarda segredos, e jura cumplicidade.
Um abraço amigo de verdade divide alegrias e fica feliz em comemorar,
o que quer que seja..
Abraços são pequenas orações de fé, de força, e energia.
Olha para o lado:
Há sempre alguém que quer ser abraçado e não tem coragem de dizer.
Abraça-o!
O pior que pode acontecer, é ganhares de volta um sorriso de carinho,
ou quem sabe, uma palavra sincera.
Tu vais descobrir que ninguém está sozinho
e que a vida, pode ser um eterno céu de primavera.
Aproxima-te mais e tenta sentir do que um abraço é capaz!!

publicado por thunder_girl às 18:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Dá-me a tua mão

dame.gif
Vou agora te contar
como entrei no inexpressivo
que sempre foi a minha busca cega e secreta.
De como entrei
naquilo que existe entre o número um e o número dois,
de como vi a linha de mistério e fogo,
e que é linha sub-reptícia.
Entre duas notas de música existe uma nota,
entre dois fatos existe um fato,
entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam
existe um intervalo de espaço,
existe um sentir que é entre o sentir
- nos interstícios da matéria primordial
está a linha de mistério e fogo
que é a respiração do mundo,
e a respiração contínua do mundo
é aquilo que ouvimos
e chamamos de silêncio.

publicado por thunder_girl às 11:09
link do post | comentar | favorito
|

Quando

Quando em teu coração desabrocha,
cheia de vida, a flor perfumada do amor,
lembra-te que alguém a plantou certo dia, dentro de ti.


Quando o teu coração se ilumina do suave colorido do pôr-do-sol,
lembra-te que alguém amanheceu contigo.


Quando o fogo da paixão abrasa o teu coração,
consumindo todas as tuas fibras, na imolação do prazer,
lembra-te que alguém acendeu esta chama.


Quando teu coração estiver bordado de sonhos dourados,
tecidos com fios de luar,
lembra-te que alguém coloriu teu mundo interior.


Quando a noite te encontrar com o coração partido e
angustiado pelas amarguras colhidas durante o dia,
lembra-te que alguém possui o lenitivo de que precisas.


Quando teu rosto não puder conter a torrente de lágrimas
que se afundam pelas dobras do travesseiro,
lembra-te que existe alguém te esperando de lenço na mão.


Quando a insónia te revolve desesperadamente na cama,
lembra-te que alguém pode semear sonhos de paz em tua mente.


Quando a solidão te oprimir e o teu grito não encontrar eco,
lembra-te que lá do outro lado alguém ama a tua companhia
e entende o teu clamor.


Quando os teus segredos não cabem mais dentro de ti,
ameaçando romper os diques de tua alma,
lembra-te que existe alguém disposto a recolhê-los e guardá-los
com o carinho e a dignidade que tu esperas.


Quando em teu coração mora o azul do céu, a calidez do sol,
o gorjeio dos pássaros, o perfume das flores,
a nostalgia do entardecer, o encanto das manhãs,
a serenidade dos lagos e o sorriso da ventura,
lembra-te que alguém tocou o teu coração
com a varinha milagrosa do amor.


Tu, que amas e vives no controvertido mundo do
arco-íris e da escuridão, da calma e da agitação,
da paz e da instabilidade,
saibas que existe mais alguém habitando o teu planeta!


Nas horas felizes, partilha com ele teus sorrisos;
nas horas de solidão, vai, levanta-te e o procura,
onde quer que ele esteja.
Ele não é senão parte de ti, assim como tu és parte dele.


Não olhes o relógio! Que importa as horas?
A vida é tão curta, não há tempo a perder.
Tu que amas, se tiveres a coragem e a singeleza de assim o fazer,
abra teus lábios e canta o milagre do amor,
porque só o amor aproxima as pessoas
e faz com que falem a mesma linguagem!

publicado por thunder_girl às 10:25
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Maio de 2005

As palavras que nunca te direi ...

Podia dizer-te, que gosto estar contigo!
Podia dizer-te, que espero ansiosamente pelo fim-de-semana!
Podia dizer-te, que és tudo para mim!
Podia dizer-te, estás acima de tudo na minha vida!
Podia dizer-te, que és o meu vício!
Podia dizer-te, que és aquela por quem eu suspiro!
Podia dizer-te, que és aquela a quem eu tanto quero!
Podia dizer-te, que sem ti a vida perde entusiasmo!
Podia dizer-te, que preciso de ti para viver!
Podia dizer-te, que és importante para mim!
Mas tudo isto perde o seu significado,
Todas as palavras deixam de fazer sentido,
Se como uma palavra resumo o meu sentimento por ti!

simplesmente.gif

publicado por thunder_girl às 01:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 29 de Maio de 2005

Não passe pela vida...

comente1.gif

publicado por thunder_girl às 20:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Humor

pedra1.gifpedra2.gifpedra3.gifpedra4.gifpedra5.gif


hahahaha.gif

publicado por thunder_girl às 19:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Nunca deixe de fazer algo de bom.

nunca.jpg

publicado por thunder_girl às 18:42
link do post | comentar | favorito
|

Iludida

iludida.gif
publicado por thunder_girl às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

A amizade também se aprende

amigas1.gif

Uma criança que não sabe fazer amigos terá dificuldades para se integrar num grupo
e ficará excluída das actividades que nele se desenvolvem. 
Quer seja porque essa dificuldade é consequência das suas características de
personalidade ou de um problema psicológico específico,
a verdade é que as crianças que não encontram uma forma apropriada
de relacionar-se acabam por provocar o afastamento dos seus pares,
e isto, na maioria dos casos, deriva num baixo rendimento escolar. 
A falta de iniciativa da criança para se aproximar dos outros, a timidez, a fobia social,
o temor a ser recusado, podem ser algumas das causas do isolamento inicial. 
Mas isto é só o começo, porque estas condutas geram, por sua vez,
condutas no resto das crianças. 
Haverá quem tente aproximar-se e perceba esse isolamento como um
afastamento, e haverá quem perda interesse ao não ver reciprocidade.
Lentamente, ambas as partes deixam de tentá-lo, e a criança perde inumeras
possibilidades de compartilhar experiências e de trocar ideias.

publicado por thunder_girl às 17:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Estou de volta

. Nós Dois

. Agradecimento

. Estou tristinha

. Aviso

. Mais uma nova campanha

. POSSUA

. Nova campanha

. Amizade

. O tão esperado fim de sem...

.arquivos

. Junho 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds